Pular para o conteúdo principal

Postagens

Padre Lorenzo: "O que aprendemos nessa quarentena?

Desde o início do isolamento social, nosso pároco, Pe. Lorenzo Nacheli, tem buscado formas de se fazer próximo aos paroquianos.
Na semana passada, lançou um primeiro convite de exercício para esta quarentena: escrever uma carta de esperança aos amigos. Ele mesmo nos enviou uma primeira carta, à qual muitos de nós responderam, espalhando palavras de encorajamento e ânimo não só ao Pe. Lorenzo, mas a toda nossa comunidade. 
Para esta semana, mais um desafio: a partir da leitura do conto "O vulcão da lama amarela" - de autoria do Pe. Lorenzo, devemos escrever em um papel tudo aquilo que estamos aprendendo durante este tempo. Clique aqui para ouvir a mensagem do Pe. Lorenzo . A seguir, o conto:
O vulcão da lama amarela

“Kracatiucooooooovidkryscrak!”
O Homem acordou no meio da noite com os gritos aterrorizante do vulcão.  Também o Homem dorme, mesmo estando sempre pronto, usando sua armadura. Todos acordaram, não dava para não despertarem assustados. Logo os cavaleiros tocaram as trom…
Postagens recentes

Em maio, convidamos você a conduzir a oração do terço!

CARTA DO PAPA FRANCISCO A TODOS OS FIÉIS PARA O MÊS DE MAIO DE 2020

Queridos irmãos e irmãs!
Já está próximo o Mês de Maio, no qual o povo de Deus manifesta de forma particularmente intensa o seu amor e devoção à Virgem Maria. Neste mês, é tradição rezar o Terço em casa, com a família; dimensão esta – a doméstica –, que as restrições da pandemia nos «forçaram» a valorizar, inclusive do ponto de vista espiritual.
Por isso, pensei propor-vos a todos que volteis a descobrir a beleza de rezar o Terço em casa, no mês de maio. Podeis fazê-lo juntos ou individualmente: decidi vós de acordo com as situações, valorizando ambas as possibilidades. Seja como for, há um segredo para bem o fazer: a simplicidade; e é fácil encontrar, mesmo na internet, bons esquemas para seguir na sua recitação.
Além disso, ofereço-vos os textos de duas orações a Nossa Senhora, que podereis rezar no fim do Terço; eu mesmo as rezarei no Mês de Maio, unido espiritualmente convosco. Junto-as a esta Carta, para que assim fiq…

A Oração dos 45 anos composta pela comunidade

Programação dos 45 anos

#45anos - Nossa paróquia, nossa casa!

Depois da Semana Santa e da Páscoa, nossa comunidade tem mais uma data muito importante para celebrar: nosso aniversário de 45 anos! 
A história de fé iniciada pelos ferroviários em 1934, com a construção de um pequeno oratório onde foi colocada uma imagem fac-símile da padroeira do Brasil, deu frutos e, em 1975, a capela foi elevada a paróquia. São 45 anos de bênçãos, de lutas, de acolhida, de evangelização no pedaço mais bonito da Mooca! Quantas histórias, graças alcançadas, momentos partilhados em comunidade nas missas, novenas e festas...
Como sabemos, este ano somos chamados a comemorar de outra forma: reunidos virtualmente, protegendo-nos uns aos outros da pandemia, fazendo de nossas casas igrejas domésticas. É isso que a imagem comemorativa dos 45 anos representa: que a nossa paróquia, neste momento, é em nossa casa e que sob a cruz de nosso Senhor e o manto de Nossa Senhora - representado pelo telhado de trilhos - estamos sempre juntos!
Para reforçar esses laços, a nossa oração c…

Homilia do Papa Francisco no Domingo de Ramos

Homilia do Santo Padre (Basílica de São Pedro, 5 de abril de 2020) Jesus «esvaziou-Se a Si mesmo, tomando a condição de servo» (Flp 2, 7). Deixemo-nos introduzir por estas palavras do apóstolo Paulo nos dias da Semana Santa em que a Palavra de Deus, quase como um refrão, nos mostra Jesus como servo: na Quinta-feira Santa, é o servo que lava os pés aos discípulos; na Sexta-feira Santa, é apresentado como o servo sofredor e vitorioso (cf. Is 52, 13); e, já amanhã, ouvimos Isaías profetizar acerca d’Ele: «Eis o meu servo que Eu amparo» (42, 1). Deus salvou-nos, servindo-nos. Geralmente pensamos que somos nós que servimos a Deus. Mas não; foi Ele que nos serviu gratuitamente, porque nos amou primeiro. É difícil amar, sem ser amado; e é ainda mais difícil servir, se não nos deixamos servir por Deus. E como nos serviu o Senhor? Dando a sua vida por nós. Somos queridos a seus olhos, mas custamos-Lhe caro. Santa Ângela de Foligno testemunhou que ouviu de Jesus estas palavras: «Amar-te não foi um…

Como viver a Semana Santa em casa?

Este ano, a vivência da Semana Santa será bastante diferente do que estamos habituados, devido às restrições causadas pela pandemia de COVID-19. Somos chamados a viver o ponto alto da nossa fé em nossas casas, com nossas famílias, e não nas igrejas. Como sempre tentamos destacar, não devemos esquecer que o Bom Deus é o senhor de nossas vidas e, com Ele, passaremos por essa tempestade.
Surgem dúvidas sobre como viver este momento dignamente, a primeira coisa a se pensar é: a Igreja está em comunhão e o Papa tem dado orientações para a adaptação das celebrações, assim como sua vivência em meio ao isolamento social. Vamos a algumas destas perguntas:
A Igreja pede para nos confessarmos na Páscoa, como fazer isso se não podemos ir ao confessionário? O Catecismo da Igreja Católica nos ensina a "contrição perfeita", válida para situações como a atual, em que não é possível buscar o sacramento com um sacerdote. Os passos para a confissão estão na imagem acima. Algumas dicas a mais são:…