Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

A Igreja em festa!

Este dia 1º de maio, além de ser o dia de São José Operário e aniversário de nossa paróquia, estamos em festa com toda a Igreja pela beatificação do Papa João Paulo II. Karol Wojtyla - nome de batismo de João Paulo II - foi o 264º Pontífice da Igreja Católica, o primeiro de origem eslava. Ele faleceu em 2 de abril de 2005, após mais de 25 anos como Sucessor de São Pedro.                 O Rito de beatificação será presidido pelo próprio Santo Padre, na Basílica de São Pedro, no Vaticano neste segundo domingo da Páscoa – conhecido como Dia da Divina Misericórdia, que, inclusive, foi instituído pelo próprio Papa João Paulo II.                 O Vaticano reconheceu o milagre relatado pela religiosa francesa Marie Simon-Pierre Normand: em 2001, ela foi diagnosticada com mal de Parkinson e foi curada por intercessão do Papa, entre 2 e 3 de junho de 2005, então com 44 anos.                 Segundo o site Canção Nova:                 “’Após o diagnóstico, era difícil para mim ver João Paulo I…

Semana de São José Operário

Já começamos a Semana de São José Operário em nossa paróquia! Confira abaixo os horários e participe conosco!
PROGRAMAÇÃO:
25 a 29/04às 20h e 30/04 às 17h Celebrações da Oitava de Páscoa, com as orações de São José
1º de maio – Dia de São José Operário Missas às 9h e às 16h (seguida de procissão) com a benção dos trabalhadores
Tradicional Festa de São José Operário: Dias 30/04 e 01/05 após as Celebrações

Domingo de Páscoa

Jesus ressuscitou! E essa é a nossa maior alegria. O dia de hoje é reservado para louvar e dar graças, não só pelo sacrifício de Jesus por nós, mas pela vitória sobre a morte. Quando dizemos que Deus nos enviou seu Filho, devemos nos lembrar que Ele fez isso DUAS vezes: em seu nascimento e em seu RENASCIMENTO, no dia em que ele voltou à vida para nos mostrar que para Deus não há desafio que não possa ser vencido; que o Reino Dele não é deste mundo e que, por isso, nenhuma humilhação, nenhuma chaga e dor terrena é maior do que Ele.
Jesus disse que destruiria o templo e o reconstruiria em três dias. O templo é Ele. Cristo é nossa Igreja e religião. É o centro de nossa fé, nossa alegria e sustentação. E o terceiro dia é hoje!
Vivemos com Cristo esses dias dolorosos, fiquemos com Ele hoje também. Essa vitória também foi por nós!

"Noite mil vezes feliz, noite clara como o dia, na luz de Cristo glorioso exultemos de alegria!"

Sábado Santo

O Sábado Santo se inicia no mesmo silêncio com o qual terminamos a celebração da Ceia do Senhor e mantivemos durante toda Sexta-feira Santa. O Senhor está morto e nós estamos ansiosos pela sua vitória. A celebração no sábado à noite é uma Vigília em honra ao Senhor, segundo uma antiquíssima tradição, (Ex. 12, 42), de maneira que os fiéis, seguindo a exortação do Evangelho (Lc. 12, 35 ss), tenham acesas as lâmpadas como os que aguardam a seu Senhor quando chega, para que, ao chegar, nos encontre em vigília e nos faça sentar em sua mesa.  É a Celebração mais longa do ano, por meio da qual passamos pelos momentos mais importantes das Escrituras até culminar no ponto alto de nossa fé: a vitória sobre a morte e sobre o pecado. As luzes se acendem, os sinos tocam e podemos novamente cantar o Glória.  As trevas foram vencidas! O Senhor ressuscitou! O amor de Deus se revela mais uma vez ao nos mostrar que a missão de Jesus para conosco não termina na cruz, e sim na Ressurreição.  O Senhor nos ama e …

Sexta-feira Santa

Num passado bem remoto, uma Cruz foi levantada no alto do Calvário e nela morreu o Filho de Deus, que se ofereceu ao Pai para salvar a humanidade. Até hoje a Igreja nos pede que pensemos mais sobre o mistério da Cruz durante a Quaresma. A infinita misericórdia de Deus para com sua criatura aceitou o sacrifício de Jesus a fim de que o ser humano recuperasse a aliança original, perdida com sua infidelidade. Opção de um Pai que ultrapassa a lógica da paternidade humana para permitir ao ser humano voltar à casa paterna e conviver eternamente com ele. Faz parte da liturgia da Sexta-feira Santa ajoelharmo-nos diante dessa Cruz para adorá-la e agradecermos ao Cristo nela pregado o dom de nossa redenção. É um sinal de reconhecimento e amor, mas é também um momento de compromisso. A crucifixão de Jesus não se consumou naquele dia. Até hoje ele continua morrendo nas cruzes que os filhos e filhas de Deus carregam, espalhados pelo mundo inteiro. Se nos emocionamos com as dores de sua Paixão, não p…

Quarta-feira Santa

“Então um dos Doze, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os príncipes dos sacerdotes e perguntou-lhes: Que quereis dar-me e eu vo-lo entregarei. Ajustaram com ele trinta moedas de prata. E desde aquele instante, procurava uma ocasião favorável para entregar Jesus.”          Na Quarta-Feira Santa, a Igreja nos propõe meditar o Evangelho de Jesus segundo Mt 26, 14-25. Essa leitura nos apresenta a traição de Judas. Ela nos descreve como Judas foi ter com os chefes dos sacerdotes e se oferece para trair Jesus. Aceita trinta moedas de prata como recompensa de sua traição. Por apenas trinta moedas de prata, um dos Doze entrega o Mestre! Por quantas moedas tens tu vendido Jesus? É chegada a hora das trevas!          Com um simples beijo Judas planeja vender o seu mestre. Por trinta moedas traça-se o poder financeiro, material e finito pela vida, dom de Deus. Uma verdadeira contradição, o dono de tudo é trocado pelo dinheiro. Ontem como hoje a opção pelo dinheiro e a rejeição da vida tem falad…

Terça-feira Santa

O Evangelho da Missa termina com o anúncio de que os Apóstolos deixariam Cristo só durante a Paixão. A Simão Pedro que, cheio de presunção, afirmava: eu darei a minha vida por ti, o Senhor respondeu: tu darás a tua vida por mim? Eu te asseguro que não cantará o galo, antes de me teres negado três vezes. Em poucos dias cumpriu-se a predição. Todavia, poucas horas antes, o Mestre tinha-lhes dado uma lição clara, preparando-os para os momentos de escuridão que se avizinhavam. Como relata São Marcos, o Senhor sentiu fome. Vendo ao longe uma figueira com folhas, foi ver se nela encontraria alguma coisa; mas, ao chegar junto dela, não encontrou senão folhas, pois não era tempo de figos. Disse então: «Nunca mais ninguém coma fruto de ti.» E os discípulos ouviram isto. Ao entardecer regressaram à aldeia. Devia ser já tarde avançada e não repararam na figueira amaldiçoada. Mas no dia seguinte, terça-feira, ao voltar de novo a Jerusalém, todos contemplaram aquela árvore, antes frondosa, que mostra…

Domingo de Ramos

“E trouxeram a Jesus o jumentinho, sobre o qual deitaram seus mantos e fizeram Jesus montar. À sua passagem, muitas pessoas estendiam seus mantos no caminho. Quando já se ia aproximando da descida do monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos, tomada de alegria, começou a louvar a Deus em altas vozes, por todas as maravilhas que tinha visto. E dizia: Bendito o rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória no mais alto dos céus!”
É com essa imagem que começamos a Semana Santa: Jesus aclamado como Salvador, entra em Jerusalém montado em um jumentinho. O Rei em sua grandeza vem até nós de maneira simples e humilde. Vem até nós para cumprir a promessa de nos salvar. Mas o Reino Dele não é deste mundo e comentando essa cena evangélica, João Paulo II nos lembrou que Jesus não entendeu a sua existência terrena como procura do poder, como ânsia de êxito e de fazer carreira, ou como vontade de domínio sobre os outros. Pelo contrário, renunciou aos privilégios da sua igualdade com …

Semana Santa

Celebrações Penitenciais com Confissões Dia 15/04 - 19h na Paróquia Bom Jesus do Brás Dia 18/04 - 19h na Paróquia de São Vito Mártir Dia 19/04 - 19h30 na Paróquia de São Januário Dia 20/04 - 19h na Paróquia Nossa Senhora de Casaluce
17/04 Domingo de Ramos: Missa com procissão de ramos as 8h30, com início na antiga capela. (rua Dr. Almeida Lima, 750) e as 18h30 missa (somente com distribuição dos ramos)
21/04 Quinta-feira Santa: Missa da Ceia do Senhor às 20h com adoração ao Santíssimo até a meia-noite.
22/04 Sexta-feira da Paixão: Das 8h ao 12h Adoração ao Santíssimo na paróquia  15h Celebração da Paixão do Senhor no Arsenal da Esperança (rua Dr. Almeida Lima, 900), seguida de procissão até a paróquia 23/04 Sábado de Aleluia:Vigília Pascal às 17h no Arsenal da Esperança e as 20h na paróquia.24/04 Domingo de Páscoa: Missa às 9h e às 18h30.

Aniversário do Padre Marcelo

Exposição de Crucifixos no Museu da Arte Sacra

Como de costume, o Museu de Arte Sacra nos contempla com uma exposição que une arte e fé: “Crux Crucis Crucifixus - O Universo Simbólico da Cruz” expõe diversos crucifixos do próprio acervo do MAS e de outras instituições, formando um extraordinário conjunto artístico e histórico, de diversos períodos, estilos, tamanhos, materiais e nacionalidades. Além disso, o visitante tem a oportunidade de conhecer a história da Cruz e seu importante papel no Cristianismo. A exposição também conta com obras cedidas pelo Mosteiro de São Bento, inclusive uma relíquia da Cruz de Cristo, que foi levada em procissão até o Museu e introduzida por Dom Odilo. A exposição  começou em 11/03 e vai até 22/05.
Informações: Museu de Arte Sacra de São Paulo Av. Tiradentes, 676 - Luz - São Paulo-SP (Próximo à estação Tiradentes do Metrô) Telefone: (11) 5627-5393 Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h (bilheteria até as 17h30)